Dia dos Namorados e São Valentim: Descubra toda a história!

Saiba tudo sobre o dia mais romântico do ano e como ficou tão popular!

 

A lenda do bispo Valentim remonta ao século III d.C., durante o Império Romano, aquando da proibição de casar durante a guerra para evitar a falta de alistamento de soldados pelo facto de não desejarem abandonar as mulheres. São Valentim contrariamente ao decreto continuou a casar os enamorados, sendo condenado a pena de morte por isso.

Ainda na prisão o bispo apaixonou-se pela filha cega de um dos carcereiros, restaurando-lhe a visão por milagre, mas a condenação à morte impediu-os que vivenciassem este amor.  De despedida, São Valentim escreveu uma carta à namorada, instaurando-se assim esta tradição no dia que se julga a data do seu falecimento.

Celebrado por poetas ao longo dos séculos, não se pode confirmar a sua existência, mas hoje é popularizado em todas as culturas no “Dia dos Namorados”. Agora que sabe um pouco mais sobre este dia, deixamos-lhe o convite para vir celebrar connosco, traga a cara metade a uma das nossas confeitarias ou escolha a sobremesa perfeita para terminar em beleza esta noite especial.


Café, o bom dia perfeito

10 Benefícios para a saúde e bem-estar

O café é para muitos o “bom dia” perfeito e a melhor forma de começar o dia com uma dose extra de energia. Os fãs são aos milhões e é paixão nacional pelo aroma e sabor, se bem que a maioria das pessoas desconhece que pode trazer inúmeras mais-valias para a saúde se consumido de forma moderada. 

Conheça 10 benefícios do café:

– Antioxidante por excelência é um escudo protetor para doenças cardiovasculares e cancro; 

– Ao regularizar os níveis de glicémia no sangue, reduz o risco de desenvolvimento e diabetes mellitus tipo 2;

– Auxilia o bom funcionamento do fígado e da vesícula;

– Alivia a dor de cabeça e aumenta os níveis de concentração e memória;

– Acelera o metabolismo e tem poucas calorias, cerca de 2 a 5 kcal por chávena;

– Diurético natural, ajuda a combater a retenção de líquidos;

– Ajuda a manter os níveis de colesterol baixos;

– Regula o intestino pelo teor de fibra, atuando como laxante natural;

– Estimula a digestão, sendo um ótimo aliado para finalizar as refeições; 

– Melhora a performance física, resistência e reduz as dores musculares após a prática de atividades desportivas.


O Melhor Bolo-Rei de Portugal é da Confeitaria Framboesa

Confeitaria Framboesa leva o ouro de Melhor Bolo-Rei de Portugal

O Bolo-Rei das Confeitarias Framboesa é uma receita de sucesso há já três anos e tradição na mesa de Natal, mas este ano recebeu o ouro de Melhor Bolo-Rei de Portugal no concurso da ACIP – Associação do Comércio e da Indústria de Panificação.

A fórmula que levou para casa a distinção na categoria “Tradicional” tem na frescura das matérias-primas, no amor de uma equipa dedicada e na mestria da confeção tradicional o segredo de uma receita que venceu entre as 300 a concurso.

A sua mesa de Natal merece o melhor dos melhores, a estrela que não pode faltar na sua mesa. Encomende já o seu bolo-rei e saboreie o que o torna tão especial através de: 234 291 229.


magusto

A Lenda de S. Martinho e o tradicional Magusto

“Em dia de São Martinho, faz o magusto e prova o teu vinho”

O provérbio é há muito conhecido e esconde uma velha tradição. Neste dia inauguram-se as pipas e prova-se o vinho novo, enquanto se comem castanhas. 
Reza a lenda que a origem do tradicional magusto remota ao século IV, num dia de tempestade, Martinho – um cavaleiro gaulês -, tentava regressar a casa e encontrou um mendigo pelo caminho que lhe pediu uma esmola. O cavaleiro que não tinha moedas consigo, retirou o manto das costas, cortou-o com a espada e deu-o ao mendigo. De imediato o sol começou a brilhar e fez-se o milagre do “verão de São Martinho”.
Assim, nesta altura do ano, o tempo frio e chuvoso típico da estação dá lugar a um dia de sol para desfrutar de um grande magusto com castanhas assadas, água-pé e jeropiga. 


Doce de Abóbora

Doçura ou travessura? Venha escolher nas Confeitarias Framboesa!

Doce de Abóbora

Doçura ou travessura? Conheça o nosso doce de Abóbora

A associação da abóbora ao Halloween vem dos celtas que acreditavam na arte de esculpir rostos como forma de iluminar o caminho aos bons espíritos para as suas casas. Absorvido pela cultura anglo-saxónica, o Halloween tem a sua origem no feriado de Samhain – início do Ano Céltico. Assim, acreditavam que os espíritos saiam no cemitério e a única forma de os travar era decorar a casa com objetos assustadores para os afastar.
Desde a segunda metade do século XIX, faz parte da tradição dos Estados Unidos e espalhou-se um pouco por toda a cultura ocidental. Neste dia, as crianças mascaram-se e pedem dinheiro ou comida de porta em porta, uma prática que acabou por se tornar no atual “trick or treat” (“doçura ou travessura”).
Nas confeitarias Framboesa pode encontrar o nosso doce de abóbora em duas opções – com um travo de café ou noz e laranja -, para celebrar este dia em sua casa. Usufrua de todos os benefícios que esta deliciosa iguaria lhe pode trazer para a sua saúde com todo o sabor e qualidade. Rica em fibras, ajuda a promover a sensação de saciedade, fortalece os ossos e protege o organismo contra infeções.
Mas para quem pretende vivenciar este dia como manda a tradição, pode sempre encontrar deliciosas doçuras nas nossas Confeitarias, não vá algum espírito tecê-las e ser presenteado com a famosa travessura. 

Estamos aqui para si e por si, venha visitar-nos!


Setembro é tempo de... Confeitarias Framboesa

confeitaria framboesa

Setembro é tempo de… Confeitaria Framboesa

Setembro é tempo de manhãs aceleradas, recomeços, rotinas apressadas e agasalhos ao entardecer.

Se a azáfama do regresso às aulas e ao trabalho é uma corrida contra-relógio, nas Confeitarias Framboesa pode encontrar as melhores soluções para um despertar mais animado com o fiel amigo de todas as manhãs: o café. Um pequeno-almoço de eleição com pão acabado de fazer. Os lanches para as crianças As opções mais sabores e com os melhores preços para os almoços dos estudantes. Ou até mesmo um chocolate quente ou um chá para enganar o frio ao anoitecer.

Setembro também é tempo de manhãs de outono, tardes de verão e mesmo que a gripe teime em espreitar, nada como os nossos sumos de laranja naturais ou desfrutar de um sumo refrescante ou gelado para enganar o calor.

Estamos aqui para si e por si, venha visitar-nos!


pães

Menos Sal, Mais Saúde

Menos Sal, Mais Saúde

Todos os nossos pães foram sujeitos a uma rigorosa análise para determinar o teor de sal e o resultado não nos podia deixar mais orgulhosos! Todos eles receberam a certificação de qualidade.

Nas Confeitarias Framboesa preocupamos-nos com a sua saúde e nesse sentido, diminuímos a quantidade de sal em todos os nossos pães, obedecendo às normas da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Quando utilizado em excesso, o sal pode provocar hipertensão arterial, AVC’s, doenças renais, osteoporose, cancro de estômago e obesidade.

O nosso conselho é que reduza também em sua casa o consumo de sal, podendo substituí-lo por salicórnia ou outras ervas aromáticas.

Olhe por si e pela sua saúde.


Bolo Rei Framboesa

Bolo Rei de Framboesa

bolo rei de framboesa

Bolo Rei de Framboesa

Bolo Rei chega mais cedo aos Albergarienses

Desengane-se quem pensou que já vai poder comer o tradicional Bolo Rei.

Entre junho e novembro é a época dos frutos vermelhos e por esse motivo as Confeitarias Framboesa iniciaram a produção do seu Bolo Rei de Framboesa. Este é um produto exclusivo, que tal como o próprio nome indica, tem a framboesa como protagonista. A iguaria é confeccionada com a massa do tradicional Bolo Rei e com doce de framboesa. A partir de sábado, dia 14 de julho, será possível comprar e experimentar este produto exclusivo em qualquer uma das Confeitarias. O peso de cada bolo varia de 1,2kg até 1,5kg.

Encomende já o seu!


Pastel d’Albergaria

pastel de albergaria

Pastel d’Albergaria

Uma iguaria que nasceu na Confeitaria Framboesa

O Pastel d’Albergaria surgiu após alguns estudos da equipa criativa de pasteleiros da Confeitaria Framboesa.

A iguaria, composta por um recheio de ovos, amêndoa, açúcar e chila, tem uma textura macia e é envolvida numa massa tipo filó em formato de embrulho. Foi esta particularidade que serviu de mote para a criação do seu nome: albergaria significa lugar onde alguém se alberga, da mesma forma que o pastel alberga o seu recheio.

O desenvolvimento do packaging quis também servir como cartão de visita da cidade, ao fazer referência através da ilustração a espaços emblemáticos como o Castelo da Boa Vista e a Biblioteca Municipal, a Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha, a Roseta e o Cruzeiro da Nossa Senhora do Socorro, a Capela de S. Sebastião, a Igreja Matriz, a Capela de Santa Cruz e o Cineteatro Alba. A embalagem conta ainda com uma representação da rota dos Moinhos, um projeto que visa a requalificação e valorização do património molinológico de Albergaria-a-Velha. Esta particularidade confere um valor cultural a um produto regional e visa a promoção do turismo, uma vez que se trata de um local conhecido por acolher peregrinos dos caminhos de Santiago.

A Framboesa proporciona assim capacidade de resposta à procura existente por parte de inúmeras pessoas que visitam a cidade e pretendam provar a iguaria ou levar consigo um pouco de Albergaria-a-Velha, seja para partilhar aqui ou noutro local.

Este conteúdo é da autoria de litoralmagazine.com.


Pastel d'Albergaria

Pastel d’Albergaria no Festival do Pão

Pastel d'Albergaria

Pastel d’Albergaria no Festival do Pão

Nos dias 1, 2 e 3 de Junho, a Confeitaria Framboesa esteve presente na quinta edição do Festival do Pão de Albergaria-a-Velha. Um evento que reúne durante três dias os sabores da região e que faz de Albergaria um destino privilegiado para acolher os produtores portugueses. Razão pela qual, a Confeitaria Framboesa não podia deixar de estar presente. Com um espaço dedicado ao Pastel d’Albergaria, de entre as milhares de pessoas que passaram pelo festival, António Loureiro, presidente da Câmara Municipal, juntamente com o deputado João Pinho de Almeida, não resistiram à iguaria.